Orestes Barbosa

1893 -1966

 

 

     Natural do Rio de Janeiro, teve uma infância muito pobre, aprendendo a ler aos 7 anos em jornais e letreiros de bonde, auxiliado por Clodoaldo Pereira de Moraes - pai de Vinícius de Moraes. Interessa-se pelo violão, e já sabia tocá-lo aos 10 anos de idade. Em 1910, já compunha versos e começou a trabalhar como revisor no Jornal "O século", dirigido por Rui Barbosa. Depois de algum tempo, iniciou uma militância jornalística que se estenderia a uma atuação marcante em vários jornais da época. Seus artigos levaram-no várias vezes à prisão, posto que criticava com ironia os acontecimentos e autoridades da época.

     Em 1927 publica seu primeiro livro de versos. Em 1930 iniciou sua carreira de letrista com diversos parceiros, entre eles Francisco Alves, Nonô, Custódio Mesquita, Noel Rosa, Ataulfo Alves, Wilson Mesquita, Sílvio Caldas - este o mais constante, entre outros.

     Autor de clássicos da nossa música popular, como "Chão de estrelas", "Suburbana", "Flor do asfalto", "A mulher que ficou na taça", "Serenata", "Cabelo Branco", entre outras.

     Fato surpreendente é que, depois de falecido, envio a Silvio Caldas, o  seu mais constante parceiro, uma carta em forma musical que foi mostrada e identificada por Silvio Caldas - o qual a autografou emocionado, afirmando ser autêntica por estar toda em sextilhas, como o fazia Orestes em suas letras. Isto está documentado e gravado em fita de vídeo.

 

 

 

Composições inéditas

inspiradas por Orestes Barbosa a Marisa Cajado:

 

Matemática

Preciso aprender a amar, sim, Senhor

Para Sílvio Caldas

* As músicas em bege ainda não estão prontas. Conforme forem sendo

formatadas, serão colocadas no ar, à disposição dos leitores e visitantes do site.

         

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.

Créditos:

Midi: "Chão de estrelas"

http://www.beakauffmann.com/mpb_c/chao-de-estrelas.html

Imagem : Tela Marisa Cajado