A mulher Marisa

 

 

"Como filha do Criador,

percebi, através de suas leis,

 que por mais que eu chore,

por mais que eu grite,

por mais que eu fale,

por mais que eu me cale,

 sou somente até agora

o que consegui ser,

mas a cada dia

tentarei ser melhor.."

 

                                             Marisa Cajado

 

 

 

 

Uma mulher feliz!

     O amor é e sempre foi a tônica de nossa vida. Como filha, como mãe, como educadora, como cancioneira, como cidadã sempre colocamos o amor em todas as ações.

     Fazemos parte das mulheres comuns, nada fizemos de tão extraordinário.

     Temos como todos  dores,  alegrias, angústias,  dúvidas porém por uma imensa fé interior nos guia.

     A música é nosso grande alento. Nela nos encontramos  e viajamos para um mundo encantado que transmite luz à  alma.

     Gostamos de dançar e antigamente os bailes eram o divertimento preferido. Ler nos é gratificante, preferencialmente livros espiritualistas de toda ordem. Esportes não entra no rol de nossa preferência e o permutamos por uma boa caminhada.

     A cozinha tem em nossa vida grande significado. Adoramos fazer doces principalmente quando vem a filharada...

     A rua não nos atrai  e dos shopping passamos longe.Quando é necessário  comprar algo vamos diretamente ao objeto , compramos e saímos rapidinho.

     Existe em nós um força a estimular a caminhada.  As dores são enfrentadas de frente  e a verdade segue  acima de qualquer coisa por mais que ela doa.

     Muitos são os  defeitos, dentre eles a impulsividade e a vaidade nossa maior contenda. As críticas nos incomodam], no entanto um pouco depois as colocamos em análise e se o erro for detectado é muito fácil voltarmos atrás.

     Qualidades também possuímos. A docilidade e a vontade de servir sempre fazem parte de nosso cotidiano. Presentear é algo que nos proporciona imensa alegria.

     Mágoa de espécie alguma tem morada em nosso ser. Nestes cinquenta  e sete anos não temos nenhum desafeto.

     O  cultivo das amizades é para nós  uma religião pois elas se constituem em nosso imenso tesouro.

 

 

Marisa Cajado

 

       

 

 

 

Créditos:

 

Midi:

"As rosas não falam"

Arranjo e execução: Sibélius

Foto: Marisa Cajado

 

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

         

 

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, das músicas e arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.