a

 

Liberdade

Marisa Cajado

 

 

 

Passei a vida, a buscar liberdade.

Asa, que me chama, me fascina

E pouco a pouco me ensina,

A descobrir felicidade.

 

 

Procurei-a na luz de cada estrela.

Nos campos, na montanha em florada.

Cansada, na ânsia, de tê-la

Para aurir com ela, a madrugada.

 

 

Quantas vezes algemada, solidão a dois

Queria vê-la, apontando em minha estrada

E no silêncio sofrido do depois

Mais dela, eu me mantive afastada.

 

 

Até que um dia, que longe vai

Ela chegou, como encantada.

Agora sei, que de mim não sai

A encontrei na alma, ergastulada.

 

 

Só então, eu fui conhecê-la

No corpo e em meu ser amante.

Ela parece mesmo, uma estrela

Brilhando augusta, em meu peito errante.

 

 

Porém não veio só. A bem da verdade,

Quando feliz, em mim fez ninho,

Trouxe junto, a responsabilidade.

Seguimos juntas o mesmo caminho.

 

Direitos autorais reservados ao autor: para publicar, solicite autorização via e-mail.

 

 

Clique no envelope envie esta página para até 10 amigos:

 

 

 Midi: "Mysterious" - Yuko Ohigashi
 


 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.