NÃO QUEIXE NÃO

 

Oh! Meu irmão

Porque reclama da vida

Está difícil para ganhar o seu pão?

Fica chorando e se dizendo infeliz

Na outra vida já teve tudo o que quis

Não aproveitou!

O seu dinheiro  fora jogou

Sua mulher e seu lar abandonou

Na boemia você vivia

E no trabalho nunca parou

 

 

O tempo passa e novo tempo vem

Com outra chance

Para vencer no bem

Oh! meu irmão não queixe não

Aproveita bem esta nova vida

Que você tem.

 

Direitos Autorais Reservados Marisa Cajado/Cancioneiros  do Infinito

por inspiração de Ataulfo Alves

Guarujá, 02/07/90 - 9:50 h

Clique no envelope envie esta página para até 10 amigos:

 

 

Fundo Musical: "Não queixe não"

 

Arranjo e Intérpretação: Suzana Samorano

 

Imagem - Tela Marisa Cajado

Siga a flecha para mudar de página

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.