CARLOS GOMES

 

Paulista, compositor de várias óperas, entre elas o Guarani que o consagrou na Itália.      Era protegido de D. Pedro II que custeou seus estudos na Europa.      Autor de várias óperas, incluindo a mais famosa que o imortalizou: "O Guarani" com a qual estreou no teatro Scalla de Milão      Suas músicas mediúnicas são elevadas de mensagens transcendentes e profundas levando à paz e a meditação.      Inspirou-nos oito composições.Enviou-nos Também esta importante mensagem para direcionamento do trabalho:

Queridos irmãos, cuja crença Deus embala, empenhados no sublime ideal de servir a Cristo, imbuídos da fé, perseverança e vontade, que deverão marcar o futuro, no rastelar da terra árida, para a plantação do amor.Haveremos de levar a música em acordes de harmonia, aos corações sedentos de paz para que viceje a alegria, arrebatando os corações vazios, adoçando o cálice da amargura, com os eflúvios da esperança, para as almas cansadas. Haveremos de ser juntos, os forasteiros do amor, tocando hosanas nas harpas do sentimento,  jungindo as fibras feridas com o ungüento da paz. Seremos como a brisa, a soprar em calmaria após a tempestade, deixando no ar o aroma celeste, perfumado, a dissipar o odor pútrido, que emana das mentes deformadas pelo materialismo ainda imperante. Seremos os menestréis do Cristo, a espalhar conforto, levando a água fresca à aridez do deserto. Talvez paguemos o custoso preço da renúncia, o desconforto da saudade, o fardo da ingratidão, a fúria da crítica. Sentiremos porém, o coração consolado pela alegria cristalina, a brotar da fonte inesgotável do Pai Maior. Sim, haveremos de escrever juntos a ópera do amor.  A vestimenta será a nossa dedicação, o palco a própria vida, o público o sofredor, o instrumental nossa própria voz  ligada às vozes maiores dos arautos do bem.   Não se apresentará nosso espetáculo, somente nos grandes teatros revestidos de ouro, sem ressonância nos corações vazios, viciados na inutilidade e na orgia. Irá a qualquer lugar, cuja simplicidade, recorde o Cristo nos primeiros tempos do casarão. Nossa música chegará às campinas, ao frescor dos lagos, aos cumes dos montes, à  beleza do vale, para alcançar os corações dos mansos e pacíficos auxiliando na implantação do reino do amor na Terra.  Cristo é o grande maestro a empunhar sua batuta de luz, a entoar os acordes cristalinos das Bem aventuranças :“ Vinde a mim, vós que estais aflitos eu vos aliviarei”. Nada temais, sob a direção deste Maestro Divino, que rege a Terra desde as suas entranhas até o ilimitado. Estarei convosco, pequeno que sou. Não vos intimideis com os louros que a Terra concedeu-me no passado, movidos em sua maioria por interesses vários, longe da gratidão sincera e pura. Porém sou agradecido porque proporcionaram a este humilde servidor o troféu maior pela honra de ter servido à Pátria e deixar ao mundo acordes da melodia celeste, embora paupérrimos comparados à sinfonia do Universo mais além. Aqui recebi o verdadeiro laurel, por haver acumulado um pouco de resignação, humildade e paciência nos sofrimentos cruciais  dos últimos dias terrenos. Nada vos abata e senti-vos gloriosos pela honra augusta de servidores de Cristo. Deus vos abençoe sempre.

Carlos Gomes  por  Marisa Cajado

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

Siga a flecha para mudar de página.

Livro de Visitas

Clique na clave de sol