PRECE DO POENTE

Cai a tarde

Róseo véu encobre o céu

Peito arde e uma paz

A alma invade

No silêncio a noite

Vem devagarinho

E cá dentro recolhido

O coração reza baixinho

Oh! Tu que fizeste o luar

Que coloriste o céu

Puseste água no mar

Oh! Tu que acendeste as estrelas

Me deste olhos pra vê-las

E me dás o dom de amar

Oh! Tu que sempre move o vento

Faz a flor cada momento

Seu perfume espalhar

Que magia deste às matas

Que derrama as cascatas

E põe o sol pras manhãs dourar

Que rege a natureza em sinfonia

Oh! meu Deus minh’alma guia

Pra fazer parte de um teclado

Ou de um instrumento afinado

Com a Tua melodia

.

Cancioneiros do Infinito Guaruja,  20/11/86 – letra -  23/11/86- melodia -  01:30h

 Vozes Suzana Samorano e Marisa Cajado     - Arranjo – Sibélius

Siga a flecha para mudar de página

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.