Quando captei esta melodia, não fiquei sabendo a autoria espiritual. À tarde quando chegava da escola, cantava para os passarinhos no terraço de cobertura de nosso apartamento. O parapeito ficava preto de andorinhas e as antenas dos prédios vizinhos também. Por vezes elas revoavam e tornavam a pousar nos lugares.

O companheiro de ideal espírita Paulo Melo, uma vez filmou isso.

Naquele entardecer revoaram muitas vezes e assim que gravei a melodia comecei cantá-la.

A energia era maravilhosa. O céu azul, estava começando a colorir. Tons róseos, lilazes. Amarelos, laranjas em várias nuances.

As andorinhas aos poucos iam deixando seus lugares e procurando o local de seu pouso noturno. Ouvia o barulho

Parei enternecida, agradecendo ao céu, aquela força que chegava para aumentar a minha e dar-me o necessário alento para prosseguir no trabalho e na difícil tarefa da educação de quatro moças. 

Quando passou este instante de êxtase, entrei e comentei com minha mãe a fiel companheira e que tanto me auxiliou no trabalho,  bênçao que havia recebido e nos sentamos à mesa para o lanche que sempre tomávamos juntas.

Mais tarde vim a saber que era de Meimei, foi a única melodia por ela enviada.

JESUS

Jesus ....Divina luz

A clarear

A me  mostrar

A estrada que vou caminhar

Jesus ...Divina luz

A me envolver

A me dizer

Que está comigo em meu viver

Jesus...Divina luz

A me chamar

A me amparar

Sofrendo se vou tropeçar

Luz...Divina luz

Dedo de Deus a apontar

A essência pura

Do verbo amar

Siga a flecha para mudar de página

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.