NAS CORES DO ARCO IRIS

 


 

NAS CORES  DO ARCO IRIS

Nas cores do arco íris
Mando som pro meu sertão
E nele vou viajando
Junto à asa do avião

Meu Nordeste tão fagueiro
É feliz a tua sorte
Neste solo brasileiro
Tu és raça da mais forte

Tua dor abre passagem
Pra outra felicidade
A seca de Tua imagem
É verdor na eternidade

Sou eu aqui de novo
Sem a cadeira de rodas
Abraçando o meu povo
Cantador de trovas novas

Sou eu mesmo com meu fole
Na batida do baião
Meu Nordeste deixas mole
Cá no peito o coração.

Luiz Gonzaga -Viagem de aviãoS.P.-Recife 28/06/95-15:50h

 

Siga a flecha para mudar de página.

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

Melodia não gravada

Melodia não gravadas

Livro de Visitas

Clique na clave de sol