RECAPITULANDO

Anoiteceu
Minha vida de repente escureceu
Faltou coragem
Minha gente que bobagem
Fui fazer eu
Eu não sabia
Que o presente do Papai Noel
Era uma vida de agonia
Pra me tirar da Terra
E me mostrar o céu
Aconteceu faltou coragem
Minha gente que bobagem
Fui fazer eu

Mas a justiça de Deus
Nunca condena ninguém
Por seu amor eu voltarei
Para tentar seguir o bem
Eu sei que vai ser uma parada
Com tanta pedra na estrada
Mas desta vez
Quando o sino gemer
Eu vou rezar
E entender vai clarear
Em vez de escurece

Assis Valente-
Araçatuba,11/08/90 - 17:00h

Arranjo e voz : Suzana Samorano

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.