JACAREPAGUÁ

 

Terra da minha infância

Dos folguedos da bonança

Dos brinquedos ao luar

Doces dias de criança

Que trazia a esperança

De uma vida só de amar

Que aos poucos foi passando

Sonhos se foram trocando

A buscar nova emoção

Saudades.......

Dos brinquedos de jardim

Embalados na canção

Do Jacob do Bandolim

Por ora,  a vida virou

Outra vida se mostrou

Mas perdura a esperança.

Eu sei nos sonhos de agora

Que em outra aurora

Voltarei a ser criança

Sérgio Bittencourt -Jacarepagúa  09/07/91 Arranjo e Voz – Marco Rolim

 

Siga a flecha para mudar de página

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.