SE EU SOUBESSE

Se eu soubesse o que sei agora

Aqui nesta hora não sofria tanto

Se eu soubesse o que sei agora

Antes de vir embora

Era outro o meu canto

Se eu soubesse que na outra vida

Nós prestamos conta

Tostão  por tostão

Punha o trabalho na frente de tudo

Ficava mais mudo e menos brigão

Se eu soubesse

Que no fim da estrada

Fica o que juntamos

Sem trazermos nada

Se eu soubesse

Que é o que damos

Só o que levamos

Nada eu guardava

Se eu soubesse

Na conta divina

Quem fica por cima

É quem mais se esquece

Tecia na prece

Meu plano de ação

Candeia que ilumina

A mente e o coração

 

Siga a flecha para mudar de página

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.