INTRODUÇÃO

 


 A música acompanhou e escreveu sua história na humanidade. Todo povo tem sua música, que traduz-se em várias formas.  A música apresenta-se no mundo como manifestação da alma, pois é nesta que ela é gestada.  

 A música maior aflora quando há o encontro do intelecto com a consciência espiritual que reside na alma, e ambas unem-se à Consciência Cósmica Divina.  O grande compositor sente o êxtase deste momento.

Para o artista, basta este instante de felicidade real do qual conserva a lembrança que se materializa em força, energia e saber, porque é uma vivência real. Por isso não lhe importam as críticas e a incompreensão humana porque ele sabe que  tem o aval  da divindade. A música dividiu-se no tempo em diversos ritmos e formas.

Umas das que até hoje nos envolve, é a canção. Ela é a mais genuína flor da música romântica. Poucos foram os compositores que não a cultivaram. Shubert, Shumman, Mendelson e Liszt foram os primeiros grandes criadores da canção. Existem milhões de canções compostas por tantos talentos e se enquadram no tempo adquirindo o aspecto social e até representando uma época da história. São as canções românticas, as melancólicas, as alegres, as épicas, as revolucionárias, as religiosas etc...

Hugo Wolf foi o mais genial criador de canções de sua época. Era austríaco. Carlos Gomes o brasileiro que levou o nome do Brasil para os grandes teatros europeus, através da ópera “ O Guarani” compôs óperas e canções. Até hoje este gênero musical embala nossa alma, sejam canções ciganas, bíblicas, patrióticas, espiritualistas enfim... canções.

É por elas que se uniram os Cancioneiros. Estão ligados pelo sublime ideal do amor, regidos pela consciência espiritual. São hoje cidadãos universais. 


 O Maestro Carlos Gomes direciona estes compositores, trabalhando pelo Brasil, na dimensão espiritual em que se encontram, pela importância que tem o Brasil, no Milênio “primo” da nova era, segundo Francisco de Assis. Nele repousa a esperança e a responsabilidade da implantação do amor para o definitivo reencontro da humanidade com Deus.


Os Cancioneiros do Infinito  portanto, há milênios ligados à música, além de compositores,  são irradiadores da energia do amor .


Para elucidar o nível em que atuam  transcrevo uma mensagem recebida, em atendimento à necessidade de explicar quem eram os cancioneiros.

 

Siga a flecha para mudar de página

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens,

dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.