Catulo da Paixão  Cearense

1863 -1946

 

 

     Maranhense de São Luís, morou dos 10 aos 17 anos no Ceará e mais tarde no Rio de Janeiro, onde desenvolveu sua bem-sucedida carreira artística. Flautista, cantor, violonista e poeta, cedo começou a despertar a atenção com seus versos, sua voz e seu violão nas rodas de seresta e modinha que freqüentava. Era amigo de Anacleto de Medeiros, Joaquim Callado e do cantor Cadete.

     Catullo foi um nome importante na inserção do violão, visto até então como instrumento de "malandros" e "vagabundos" - nos salões da sociedade carioca e nos conservatórios de música. Sua composição mais famosa, "Luar do Sertão" (1910) seguida de "Flor amorosa", feita em parceria com Joaquim Antônio da Silva Calado. Mas apesar da popularidade, morreu pobre em uma casa de subúrbio no Rio.

     Sua forma de composição é a mesma, inclusive no seguimento didático que lhe era peculiar, descrevendo primeiro o cenário e depois dando o recado como tão bem nos indica Luar do sertão.

     Inspirados por ele, temos quatro melodias muito significativas.

       

 

 

 

Composições inéditas

inspiradas por Catulo a Marisa Cajado:

 

Violando no além

Se queres ser feliz

Divisão

A mediunidade

* As músicas em bege ainda não estão prontas. Conforme forem sendo

formatadas, serão colocadas no ar, à disposição dos leitores e visitantes do site.

Créditos:

Imagem : Tela Marisa Cajado

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

Midi: Luar do Sertão - Catulo da Paixão Cearense por Luiz Gonzaga

http://www.niteroiartes.com.br/cursos/muspop/mp3/luizgonzaga-luardosertao.mp3

 

         

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.