Sibélius Donato Tenório e eu excursionamos por algumas cidades brasileiras.
Para os que não o conhecem ainda, há uma página sobre ele e sua história aqui neste site no salão de músicas.
Eu proferia palestras e ele dava espetáculos nos teatros.
Sibélius que até os três anos não falava , não tocava e nem andava, exibe uma aparência diversa daquela, a que denominamos "normal".
Tem uma espontaneidade e um sorriso invejável. Cativa cada pessoa que chega perto dele. Tem um prazer inuzitado em agradar a cada um.
Certa feita em Londrina nosso teclado quebrou e a nossa anfitriã nos deixou no local onde ele poderia ser consertado. Depois de comprarmos a peça que faltava, como fosse demorar algum tempo, atravessamos a rua e adentramos uma loja de instrumentos musicais. Nada poderia interessar mais a Sibélius
Estavámos admirando os instrumentos e aproximou-se um vendedor. Um rapaz moreno, de estatura média, rosto um tanto rude, emoldurado por cabelos negros e encaracolados. Mediu Sibélius de cima em baixo e depois com ar de arrogância asseverou:

_ Os teclados para principiantes ficam naquele lado

Sibélius como sempre sorriu, porque seu sorriso é sua marca registrada. Nada parece tirar sua serenidade e confiança.
Eu, um tanto chocada e aborrecida ao mesmo tempo, fui logo dizendo:
_ Queremos ver um piano e caminhei de encontro a um que se encontrava próximo a nós.
Pedi que o funcionário o abrisse, o que ele obedeceu com má vontade.
Sibélius sentou-se: Eu lhe disse com voz forte e firme:
_Toque alguma coisa de principiante e murmurei ao seu ouvido: Comece com Polonaise.
O nosso gênio correu a mão sobre o teclado e iniciou a sinfonia. Depois desta música, outra e outra mais.
As pessoas foram se aproximando e começaram a pedir músicas e le satisfazia a todas com seu sorriso e genialidade. Uma grande roda se formou em volta daquele jovem que tocava sem olhar as teclas, como se a música estivesse automatizada.
O vendedor pediu desculpas e desapareceu em seguida.


Assim são as pessoas, em sua maioria. Julgam pela aparência e não sabem distinguir um gênio de um deficiente mental.

Direitos autorais reservados ao autor: para publicar, solicite autorização via e-mail.

 

 

Clique no envelope envie esta página para até 10 amigos:

 

 

 

Fundo Musical: "Polonaise - Chopin por Sibélius "

 

Imagem - Tela : Marisa Cajado

Script: Miles

Livro de Visitas

Clique na clave de sol

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.