Adoniran Barbosa

1910 -1982

 

 

     Sambista Paulista, considerado grande cronista musical da cidade de São Paulo.

     Compunha sobre temas populares e consagrou-se com os sambas "Trem da 11", "Saudosa maloca" e o "Samba do Arnesto". Sua característica era compor em linguajar errado, o que continua fazendo nesta nova fase. Apesar disto, compôs, em parceria com Vinícius de Moraes, a canção "Bom dia tristeza" - um clássico de nossa música.

     Alcançava de maneira simples e singular o coração do povo e conserva esta peculiaridade.

     Na nova dimensão inspirou-nos sete composições.

       

 

 

 

Composições inéditas

inspiradas por Adoniran Barbosa a Marisa Cajado

 

Óia nóis aqui trá veiz

Ocê num si importa

Trabaio e graça

Pois é, seu José
Cumigo memo
Mais isso num é cum ocê, tá certo?

* As músicas em bege ainda não estão prontas. Conforme forem sendo

formatadas, serão colocadas no ar, à disposição dos leitores e visitantes do site.

         

 

©  Copyright 2002 e 2003  Marisa Cajado  -  Todos os direitos reservados*

*É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site ou qualquer outro modo de veiculação  sem a autorização expressa dos autores ou dos detentores de copyright do texto, das imagens, dos arquivos de som, da formatação e dos demais elementos que compõem a página.

 

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610/98.

Livro de Visitas

 

Créditos:

 

Imagem: Tela Marisa Cajado

 

Midi: Primeiro amor Patapio Silva

Arranjo: Sibelius